Best Read [Carlos Drummond de Andrade] Á Fazendeiro do Ar || [Music Book] PDF ↠


  • Title: Fazendeiro do Ar
  • Author: Carlos Drummond de Andrade
  • ISBN: 9788535922035
  • Page: 439
  • Format: Paperback

  • Obra po tica que re ne textos como Habilita o para a Noite e A Distribui o do Tempo.
    Carlos Drummond de Andrade
    Carlos Drummond de Andrade Itabira, 31 de outubro de 1902 Rio de Janeiro, 17 de agosto de 1987 foi um poeta, contista e cronista brasileiro Formou se em Farm cia, em 1925 no mesmo ano, fundava, com Em lio Moura e outros escritores mineiros, o peri dico modernista A Revista Em 1934 mudou se para o Rio de Janeiro, onde assumiu o cargo de chefe de gabinete de Gustavo Capanema, Ministro da Educa o e Sa de, que ocuparia at 1945 Durante esse per odo, colaborou, como jornalista liter rio, para v rios peri dicos, principalmente o Correio da Manh Nos anos de 1950, passaria a dedicar se cada vez mais integralmente produ o liter ria, publicando poesia, contos, cr nicas, literatura infantil e tradu es Entre suas principais obras po ticas est o os livros Alguma Poesia 1930 , Sentimento do Mundo 1940 , A Rosa do Povo 1945 , Claro Enigma 1951 , Poemas 1959 , Li o de Coisas 1962 , Boitempo 1968 , Corpo 1984 , al m dos p stumos Poesia Errante 1988 , Poesia e Prosa 1992 e Farewell 1996 Drummond produziu uma das obras mais significativas da poesia brasileira do s culo XX Forte criador de imagens, sua obra tematiza a vida e os acontecimentos do mundo a partir dos problemas pessoais, em versos que ora focalizam o indiv duo, a terra natal, a fam lia e os amigos, ora os embates sociais, o questionamento da exist ncia, e a pr pria poesia.


    Commentaires:

    Adriana Scarpin
    O enterrado vivoÉ sempre no passado aquele orgasmo,é sempre no presente aquele duplo,é sempre no futuro aquele pânico.É sempre no meu peito aquela garra.É sempre no meu tédio aquele aceno.É sempre no meu sono aquela guerra.É sempre no meu trato o amplo distrato.Sempre na minha firma a antiga fúria.Sempre no mesmo engano outro retrato.É sempre nos meus pulos o limite.É sempre nos meus lábios a estampilha.É sempre no meu não aquele trauma.Sempre no meu amor a noite rompe.Sempre dent [...]

    • Best Read [Carlos Drummond de Andrade] Á Fazendeiro do Ar || [Music Book] PDF ↠
      439 Carlos Drummond de Andrade
    • thumbnail Title: Best Read [Carlos Drummond de Andrade] Á Fazendeiro do Ar || [Music Book] PDF ↠
      Posted by:Carlos Drummond de Andrade
      Published :2018-09-26T23:33:14+00:00